segunda-feira, 30 de abril de 2012

Curva rectilínea

Um cão.
Um cão. Matou-se. Morrido. Estava morto.
Saltou. Um cão. Saltou-se. Estava solto.
Levantou. Levantou-se. Um cão. Estava em pé.
Sentou. Sentou-se. Estava cão.

Um gato.
Um gato. Matou-se. Morrido. Estava morto.
Salto. Um gato. Saltou-se. Estava solto.
Levantou. Levantou-se. Um gato. Estava em pé.
Sentou. Sentou-se. Estava gato.

Uma gravata.
Uma gravata. Matou-se. Morrido. Estava morta.
Salto. Uma grava. Saltou-se. Estava solta.
Levantou. Levantou-se. Uma gravata. Estava em pé.
Sentou. Sentou-se. Estava gravata.

Um poema.
Um poema. Matou-se. Morrido. Estava morto.
Salto. Um poema. Saltou-se. Estava solto.
Levantou. Levantou-se. Um poema. Estava em pé.
Sentou. Sentou-se. Estava poema.

Sem comentários:

Enviar um comentário