quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Rosas com Sophia.

Algo em mim me eleva ao estado hipnótico - sou surdo e cego à minha razão - e ajo como uma peça num tabuleiro de xadrez.
Estabilidade é fugaz em mim. Fecho os olhos e amo, sinto em mim.
Sinto necessidade de ter falta, quando não me falta, e quando me falta espero que nada me falte.
Casei com a verdade e alucinei.

Sem comentários:

Enviar um comentário