terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

O Tácito.

Lábios eloquentes
Desejos efémeros
Desejos deprimentes
Lábios eternos

Paladar adormecido
Sonho infame
Sonho esvaecido
Paladar arame

Olhar singular
Olhos desguarnecidos
Olhos a abnegar
Olhar inúmeros sentidos

Sem comentários:

Enviar um comentário