quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Dorme bem.

Não sei o que sinto, as lágrimas dominam-me - és o que eu mais quero.
Por vezes torna-se mais fácil ter-te longe, de forma a poupar-me lágrimas e poupar-te sofrimento a ti. Mas o que eu mais quero é abraçar-te e levar-te para a vida! Vou ficar contigo. O Desassossego numa mão, lágrimas na cara a cair e borrar as folhas de algo que é teu em mim. Ouço a Kettering e choro porque te quero e te tenho.  Não posso ignorar o que sinto só porque é mais fácil.  Eu aceito, quero e CONFIO!!!!!!!!!!!!!!!!
Estou.

Sem comentários:

Enviar um comentário